Um Olhar Feminino
13 de Novembro de 2009

 

 

"Tudo passa…
Mas há certos momentos na vida em que nos sentimos vazios…
Sós, tristes e abandonados por todos…
Tudo passa…
A chuva cai mas não arrasta consigo todas as angústias…
Todos os momentos que queremos esquecer…
Tudo passa…
E quando menos esperamos, aparece alguém…
Um alguém muito especial…
Um alguém que nos estende a mão e nos ajuda a subir…
Tudo passa…
E a partir daqui tudo se torna mais fácil…
Mais claro e até mais sorridente…
A vida parece já ter sentido…
E esse alguém torna-se insubstituível na nossa vida…
Sentimo-nos protegidos…
Mesmo que esse alguém esteja longe…
Longe, mas tão perto ao mesmo tempo…
Com esse alguém…
Sentimo-nos capazes de ultrapassar todos os obstáculos da vida…
Todos os medos…
Todas as recordações…
E sabes porquê?!
Porque tudo passa…"
publicado por umolharfeminino às 23:07 link do post
13 de Novembro de 2009

 

 
                                 Dentro do tema no Livro dos Espíritos e sem fugir muito dele, vamos analisar o texto colocado. A resposta para a pergunta como saber o meio mais prático para melhorar nesta vida e fugir do mal, foi a de que devemos conhecer a si mesmo. Mas, diante das dificuldades, como fazer isto?
 
Santo Agostinho, autor do texto, disse que deveríamos no fim de cada dia, interrogar a própria consciência, passando em revista todo o dia terminado e perguntar-se a si mesmo se não faltamos ao cumprimento de algum dever e se ninguém teria motivos naquele dia para se queixar de nós.
 
Fazendo desta forma e pedindo a Deus e ao seu anjo da guarda que nos esclarecesse, com certeza, teríamos forças para nos aperfeiçoar-mos. Se entendêssemos nossas ações do dia, com que finalidade fizemos e se isto seria algo que iríamos censurar caso fosse realizado por outra pessoa, já seria um começo. Se neste momento analisássemos perguntando se Deus nos levasse teríamos que temer o olhar de alguém ao entrar no mundo dos espíritos, com certeza, as respostas seriam motivos de repouso para nossa consciência ou mesmo indicariam um mal que teríamos a reparar.
 
Se no dia seguinte, pudéssemos evitar pelo menos a repetição de apenas um erro, logo, com certeza, eliminaríamos muita coisa ruim em nós mesmos.
 
Então, realmente o conhecimento de si mesmo, é a chave do melhoramento individual. Mas, como iríamos julgar a nós mesmos? Será que não teríamos a ilusão do amor-próprio que iria atenuar nossas faltas e as tornarem desculpáveis?
 
O avaro se julga simplesmente uma pessoa econômica e previdente. O orgulhoso se considera tão somente cheio de dignidade. Tudo isto pode ser certo, mas existe um meio de controle que não deixa a gente se enganar. Quando estivermos indecisos quanto ao valor de nossas ações do dia, o certo é perguntar como classificaríamos a mesma ação caso fosse realizada por outra pessoa. Se a censurarmos nos outros, com certeza, ela também para nós seria a mesma coisa, porque Deus não usa de duas medidas para a justiça.
 
Outra coisa importante. Temos que procurar saber o que pensam os outros sobre nós. A opinião dos nossos inimigos é muito importante porque eles com certeza, não tem motivo algum para esconder a verdade e Deus com certeza, colocou-os entre nós, para que servissem como um espelho. Eles, muito diferente de um amigo, nos diriam erros com mais franqueza.
 
Então, que aquele que realmente tem a vontade de melhorar, explore portanto a sua própria consciência a fim de arrancar dali as ervas daninhas do seu jardim. Que faça o balanço da sua jornada moral, assim como o negociante faz dos lucros e perdas e se puder dizer que sua jornada foi boa, poderá dormir em paz e esperar sem temer o despertar na outra vida.
 
Façam perguntas simples e claras. Não se preocupe em multiplica-las, pode-se muito bem perder alguns minutos à conquista da felicidade eterna. Trabalhamos todos os dias pensando no futuro. O repouso da velhice não é o nosso desejo? Portanto o que é o espaço do tempo que perderemos conhecendo a nós mesmos diante do que iríamos ter depois? Muitos diriam que o presente está certo e o futuro é incerto mas, é exatamente este pensamento que os mentores vieram destruir em nós, fazendo com que conhecêssemos o futuro e nele confiássemos que só pode ser bom, se o hoje também for.  

Fonte: O Livro dos Espíritos
publicado por umolharfeminino às 00:36 link do post
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
16
20
25
26
27
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Awards

Obrigada por me Linkar :)


Meu Award




Clique aqui para mais Glitters Gifs Animados


Morning has broken / Cat Stevens



Posts mais comentados
3 comentários
3 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
1 cometário
1 cometário
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
uerida amiga blogueira! vim saber as novidades. Sa...
Amei conhecer mais um blog para divulgar a palavra...
Estou a ver na televisao informacao sobre a greve....
Ola querida amiga blogueira de tantos tempos, vim ...
que palavras maravilhosas! um beijo
Boa noite, venha me visitar e leia a matéria dos d...
Como sempre, um olhar feminino para acalentar as b...
Ola vim deixar meu oi. de Carinho e amizade. que v...
Venho parabenizá-la por se cantinho.Muito bonito, ...
FELIZ NATAL E FELICIDADES EM 2010. Obrigado pela ...
blogs SAPO